Blog da Plaza Motors

5 dicas para evitar dormir ao volante em viagens

Dormir ao volante é uma das principais causas de acidentes nas estradas. Ao pegar o volante estando cansado, você assume um risco enorme, que pode custar não apenas a sua vida, como também a da sua família e das outras pessoas que estejam trafegando na estrada. 

Uma pesquisa recente da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) indica que os efeitos da sonolência em motoristas são similares à direção sob o efeito de álcool. Uma pessoa que dirige cansada e com sono está mais predisposta a se irritar, ter distúrbios visuais e não conseguir se concentrar.

Por outro lado, muitas vezes é necessário realizar viagens de última hora, sem grande tempo de preparação. Então, como fazer para evitar o sono enquanto dirige? Neste post, você vai ver 5 dicas para não dormir ao volante, garantindo a chegada ao destino em total segurança. Vamos lá? 

1. Descanse bem antes de pegar a estrada

Viagens de última hora podem surgir a qualquer momento, especialmente quando se trata de objetivos profissionais. Mas, se você não estiver totalmente descansado, é melhor não ir, ou conseguir alguém para dirigir para você. 

O descanso pré-viagem inclui uma noite muito bem dormida, perfazendo pelo menos 8 horas de sono de boa qualidade. Se a viagem estiver planejada, cuide do ambiente para dormir tranquilo na noite anterior e garantir bons momentos na estrada. 

2. Evite determinados horários

Existem alguns momentos em que o sono se apresenta com mais força. Depois de refeições como almoço ou jantar, por exemplo. À noite, naturalmente, também é um período em que o corpo se sente mais cansado, até pelo costume de dormir neste horário. Se for inevitável pegar a estrada quando já escureceu, tente dormir algumas horas durante o dia. 

3. Faça paradas regulares

Quando estiver na estrada, não subestime os períodos de descanso. Mesmo que você não esteja com sono, eles são importantes para evitar que o corpo se canse muito e você acabe dormindo sem perceber. Pelo menos a cada 1 hora, faça uma parada rápida para esticar as pernas e beber um pouco de água ou café. 

4. Reveze o volante

Se for uma viagem longa, e você não estiver sozinho, não recuse a possibilidade de revezar o volante. Por mais que você goste de dirigir, é preciso admitir que a combinação entre a mesma posição corporal e a necessidade de atenção constante produz um resultado de cansaço crescente, que pode levá-lo a dormir mesmo não estando necessariamente com muito sono. 

Portanto, viaje em parceria com outros motoristas e aproveite para curtir o trajeto também como passageiro. Isso vai fazer com que a viagem seja muito mais prazerosa para todos. 

5. Fique atento aos sinais que o seu corpo emite

Quando se fala em dormir ao volante, as pessoas logo imaginam que se trata de um longo período de sonolência profunda. Mas a questão é muito mais grave: em uma estrada, a 110 km/h, qualquer “pescada” já é capaz de causar um acidente de gravíssimas proporções. E essas “pescadas” podem surgir sem que você perceba. 

Portanto, ao menor sinal de cansaço, tome providências imediatas. Pare o carro, lave o rosto e tome um café. Ao voltar para a estrada, se notar que ainda está cansado e prestes a dormir, o melhor é procurar um hotel e descansar mais profundamente. 

E aí, viu só como você pode evitar dormir ao volante? Dessa forma, você garante a segurança de todos na estrada e faz uma viagem tranquila! Se quiser saber mais sobre os maus hábitos de quem dirige, e como evitá-los, continue no nosso blog e leia este artigo!