Blog da Plaza Motors

Como proteger a pintura dos efeitos do clima

A pintura é uma das maiores preocupações para quem possui um carro. Afinal, todo motorista deseja manter seu veículo com uma boa aparência, não é mesmo? A maioria das pessoas acredita que é necessário ser um especialista no assunto para que o automóvel fique brilhando, mas, na verdade, não é tão difícil deixar o seu carro do jeito que sempre sonhou.

Um dos vilões da pintura são os efeitos do clima: elementos como a chuva, sereno, vento, sol e poeira podem danificar a pintura do seu carro, e vale lembrar que cuidar da pintura do seu veículo, além de proporcionar um automóvel mais bonito, facilita sua revenda em qualquer situação. Para aprender a combater esse vilão, portanto, não deixe de ler nosso post de hoje!

Cuidados ao lavar o carro

Lavar o seu carro regularmente auxilia na conservação da pintura. No entanto, para que a limpeza não surta efeito contrário ao desejado, alguns cuidados devem ser tomados:

  • Prefira lavar o carro à sombra, impedindo a reação dos raios solares com os produtos químicos utilizados, evitando, assim, manchas na pintura.
  • Lave seu veículo sempre de cima para baixo, pois isso impede que os resíduos do asfalto sejam repassados ao seu automóvel.
  • Não exagere! Aplique somente produtos específicos para limpeza de carros e jamais utilize detergente de cozinha ou querosene, pois eles danificam a sua pintura.
  • Mantenha o capô aberto para que as grades e os dutos, que estão próximos do pára-brisa, se sequem completamente. Caso isso não ocorra, os dutos podem entupir e causar vazamentos.
  • Para evitar a formação de manchas após a limpeza do seu veículo, seque a lataria totalmente.
  • Além disso, no mínimo uma vez por mês, aplique cera cristalizadora após a lavagem e a secagem.

Estacionamento

Você deseja manter a uniformidade da pintura do seu automóvel? Então estacione o seu veículo em locais onde ele não ficará exposto, por exemplo, ao sereno ou à chuva, já que o contato com esses elementos deixa o carro úmido, podendo ocasionar manchas quando o carro for exposto ao sol novamente. Evite também estacionar embaixo de árvores: os resíduos que caem delas podem danificar o seu veículo.

No entanto, se você possui somente a rua como local de estacionamento, não precisa se assustar: existem outras formas de proteger o seu carro contra os fatores da natureza como, por exemplo, o Tapa Sol. Esse material tem o poder de absorver o calor e fazer com que a temperatura interna do carro seja reduzida. Além disso, as capas podem proteger o carro contra arranhões e poeira.

Ao comprar o Tapa Sol, é necessário ter atenção a dois fatores: a qualidade do produto e forma como ele é instalado em seu veículo. Não se esqueça de verificar essas questões, pois uma capa de baixa qualidade ou que não é instalada da forma correta também pode prejudicar a pintura do seu carro.

Sujeiras externas

Um dos fatores que mais contribui para a deterioração da pintura do carro são os dejetos de pássaros e os pequenos resíduos de árvores. O grande problema não é a fixação de tais resíduos no seu veículo, mas sim a forma como você os retira e o tempo que leva para fazer isso.

Antes de começar a retirar os resíduos que estão na sua pintura, umedeça a parte suja. Esse procedimento é essencial, pois os resíduos ficarão amolecidos e, consequentemente, serão retirados com mais facilidade. A grande vantagem é que essa técnica evita que a pintura do seu veículo seja riscada.

Proteção dobrada

Além das precauções citadas acima, existem outras maneiras de deixar seu carro ainda mais protegido dos efeitos do clima, mantendo sua pintura sempre impecável. Uma delas é realizar regularmente (a cada doze meses) o espelhamento da pintura e o polimento, serviços que ajudam a remover riscos superficiais, além de aumentar a proteção da lataria do carro contra a corrosão.

Vale lembrar ainda que lataria amassada também prejudica a pintura do seu veículo. Por isso, sempre que amassar o carro por algum motivo, leve-o à oficina de sua confiança para que sejam realizados os reparos necessários.

E você, como anda a pintura do seu carro? O que você faz para cuidar dela? Ficou com alguma dúvida sobre como conservá-la contra os efeitos climáticos? Compartilhe com a gente nos comentários!