Blog da Plaza Motors

Entenda por que você tem que evitar andar com o carro na reserva

Devido à situação econômica do país, o preço dos combustíveis tem aumentado com muito mais frequência ultimamente. Por isso, muitos motoristas estão preferindo abastecer o mínimo necessário — apenas com R$20 ou R$30 — a cada ida ao posto de gasolina. Com isso, o carro acaba ficando sempre “no cheiro”.

Mas andar com o carro na reserva pode ser muito perigoso e fazer o barato sair bem caro depois. Saiba o porquê:

Atenção: carro parado na pista é passível de multa

Isso mesmo! Além do transtorno de talvez ter que buscar mais combustível se seu carro parar na pista por pane seca, você ainda pode tomar uma multa de R$85,13. Essa é considerada uma infração grave e garante quatro pontos na carteira.

Problemas mecânicos

O que puxa o combustível do tanque para o motor é uma bomba elétrica que é refrigerada e lubrificada pelo próprio líquido. Quando o carro trabalha com baixos níveis de combustível, ela pode superaquecer e travar. Além disso, o carro pode começar a falhar, pois a bomba começará a puxar os resíduos contidos no tanque, o que pode gerar um entupimento.

Vale lembrar que a bomba é uma peça que não tem conserto, ou seja, além de demandar uma troca, será preciso repor o filtro de combustível e fazer a lavagem do tanque. Essa brincadeira pode custar até R$400 para o motorista!

Acendeu a luz da reserva, o que eu faço?

Se a luz da reserva acendeu no seu painel, se direcione ao posto mais próximo para não ter maiores problemas.

Muitos motoristas tentam calcular quantos quilômetros o carro ainda consegue rodar com o tanque reserva, mas isso é um problema por dois motivos:

Especificações do fabricante

No manual do proprietário, quando vem especificado a capacidade do tanque já está incluído o tanque reserva. Ou seja, em um carro de 48 litros, por exemplo, cerca de 6 a 8 litros já são da reserva. Em grande parte dos carros 1.0, a reserva é de apenas 5 litros.

Não dá para se basear na média de consumo

Os motoristas que tentam calcular o quanto é possível andar com o carro na reserva levam em consideração o consumo médio do carro. Isso está completamente errado, pois esse consumo não é nada constante.

Por exemplo: em congestionamentos o veículo gasta mais, e em subidas então nem se fala! Esses picos de consumo deveriam ser levados em consideração no cálculo, mas isso o tornaria muito complexo e impossível de se fazer. Então, para não ficar na mão, a melhor dica é nunca andar com o carro na reserva.

Cuidar do seu veículo começa com atitudes simples, como o abastecimento frequente. O recomendado para se evitar os problemas que falamos aqui é manter o tanque sempre com 1/4 de sua capacidade e seguir algumas dicas para gastar menos gasolina. Programe seu tempo e seu bolso para que isso ocorra, pois é um esforço que, com certeza, vale a pena.

E você, costuma abastecer com frequência ou está sempre na reserva? Com que frequência você vai ao posto de gasolina? Comente aqui no post e conte para nós!