Blog da Plaza Motors

Preciso substituir minhas pastilhas de freios?

Você realmente sabe a hora de substituir os freios do seu veículo? Para começar, o principal é saber destacar qual é a peça responsável por fazer seu carro diminuir a velocidade até parar. Trata-se das pastilhas de freio, peças extremamente importantes para a segurança do condutor e dos passageiros, que fazem parte do sistema de freios a disco do seu carro. No post de hoje vamos dar dicas para você saber identificar quando é preciso substituir os freios de seu veículo. Confira:

Como funciona

Quando você pisa no freio, os discos são pressionados pelas pastilhas e, desta forma, fazem o carro parar. Quando as pastilhas estão gastas, a realização eficaz deste movimento fica comprometido, prejudicando a frenagem e, consequentemente, a segurança de todos envolvidos no trânsito. Saber qual é o momento certo para trocar as pastilhas de freios é  fácil e o procedimento de troca é relativamente barato.

Qual é o momento de substituir

A vantagem dos veículos mais modernos é que eles possuem sensores que indicam o momento em que passa a ser necessário que o carro vá para a oficina para realizar a troca dos freios. Trata-se de uma luz espia específica que aparece no painel. Mas, infelizmente, são poucos os veículos que já possuem esse tipo de recurso. O mais comum na hora de perceber qual é a hora de substituir as pastilhas é contar com a sua audição. O ideal é ficar atento a qualquer barulho diferente do comum proveniente das rodas dianteiras do veículo. As pastilhas de freio contam com uma espécie de indicador de desgaste que, ao entrar em contato com os discos, produzem um incômodo ruído metálico. Caso ouça algum barulho desse tipo, saiba que é o momento de levar o seu veículo para a oficina, ainda mais se o seu carro já atingiu uma quilometragem acima de 30.000 km rodados.

Fique atento aos números

Falando em números, procure acompanhar também o seu hodômetro e fazer lembretes a respeito de algumas revisões relativas à quilometragem. Aqui, no caso dos freios, o ideal é fazer uma revisão nas pastilhas com aproximadamente 5.000 km rodados e, ao chegar na faixa dos 30.000 km, é hora de substituí-las. A espessura mínima para que os freios funcionem relativamente bem é de 2 mm. Caso a substituição não seja realizada, além da frenagem não ser capaz de oferecer toda a segurança necessária na hora de conduzir o seu veículo, os discos de freio passam a ser comprometidos também, o que encarece bastante um serviço que seria simples e barato. Portanto, saber se antecipar nesse tipo de situação, além de mais seguro, é muito mais econômico. É necessário aceitar e estar preparado para lidar com o limite de vida útil das peças do seu veículo, pois, futuramente, o prejuízo decorrente de uma economia irresponsável pode ser muito maior — não apenas financeiramente. Você ainda tem dúvidas a respeito da troca dos freios do seu veículo? Tem mais alguma dica a respeito? Compartilhe suas dúvidas e experiências nos comentários!