Blog da Plaza Motors

Você sabe quais películas automotivas são permitidas por lei?

Muita gente prefere as tonalidades mais escuras, porém estas podem gerar problemas durante uma blitz. Saiba como aplicar o material nos vidros do seu Honda obedecendo à lei!

Funções da película 

Geralmente, as pessoas recorrem às películas automotivas para mudar a aparência estética do veículo, bloquear os raios ultravioletas, aumentar a segurança, diminuir a temperatura que incide na parte interna e proporcionar mais privacidade aos ocupantes. 

Tipos de película 

Os dois tipos de película automotiva mais procurados e permitidos por lei são: 

  • Antivandalismo; 
  • Escurecimento. 

O primeiro pode ser uma barreira para a ação de bandidos, porque seu material é mais espesso. No entanto, essa função não cumpre o papel de blindagem. 

A película de escurecimento é subdivida entre os modelos básico e avançado, sendo todos de padrão preto. Esse tipo dificulta a visibilidade de quem está do lado de fora do veículo e dá mais conforto ao condutor e aos passageiros em relação às temperaturas mais altas. 

Confira as principais cores de película automotiva disponíveis no mercado: 

  • G5; 
  • G20; 
  • G35. 

A G5, assim como as películas espelhadas, são proibidas por lei! 

De acordo com o Contran (Conselho Nacional de Trânsito), os vidros laterais do motorista e o para-brisa devem ser claros de tal forma que o limite mínimo de transparência deve seguir as seguintes porcentagens: 

  • 75% no para-brisa incolor; 
  • 70% no para-brisa colorido (temperado/degradê) e nos vidros laterais do motorista; 
  • 28% nos vidros laterais traseiros e vidro traseiro. 

Penalidade 

Os motoristas que insistem em aplicar películas automotivas que não se enquadram na lei estão cometendo infração grave de trânsito. Isso ocasiona uma multa de R$ 195,23, cinco pontos na CNH e retenção do veículo para regularização. 

Confira o fragmento da lei de trânsito que diz respeito ao assunto: 

Art. 3º A transmissão luminosa não poderá ser inferior a 75% para os vidros incolores dos para-brisas e 70% para os para-brisas coloridos e demais vidros indispensáveis à dirigibilidade do veículo. 

§1º Ficam excluídos dos limites fixados no caput deste artigo os vidros que não interferem nas áreas envidraçadas indispensáveis à dirigibilidade do veículo. Para estes vidros, a transparência não poderá ser inferior a 28%. 

§2º Consideram-se áreas envidraçadas indispensáveis à dirigibilidade do veículo, conforme ilustrado no anexo desta resolução: 

I – a área do para-brisa, excluindo a faixa periférica de serigrafia destinada a dar acabamento ao vidro e à área ocupada pela banda degrade, caso existente, conforme estabelece a NBR 9491; 

II – as áreas envidraçadas situadas nas laterais dianteiras do veículo, respeitando o campo de visão do condutor. 

§3º Aplica-se ao vidro de segurança traseiro (vigia) o disposto no parágrafo primeiro, desde que o veículo esteja dotado de espelho retrovisor externo direito, conforme a legislação vigente.”. 

Agora que você já conhece as películas automotivas permitidas por lei, que tal fazer uma revisão no seu Honda? Clique aqui e confira os valores da Plaza Motors

Acompanhe nossos perfis nas redes sociais: Facebook  e Instagram